SUSTENTABILIDADE
DOS GEOSSINTÉTICOS

Substituição de elementos de aço e concreto que consomem muita energia
Preservação de recursos naturais
Redução de transportes de massa
Economia de energia com o uso de materiais leves
Impermeabilização de áreas contaminadas e aterros sanitários
Filtração e remoção de substâncias perigosas
Prolongamento da vida útil de empreendimentos

Sustentabilidade ambiental com têxteis técnicos

Têxteis técnicos são materiais de construção modernos e ecologicamente sustentáveis que oferecem muitas vantagens

O Grupo HUESKER é comprometido com sua responsabilidade social, econômica e ambiental. O desenvolvimento sustentável costuma ser descrito como um tipo de desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas próprias necessidades. A preservação da capacidade da natureza de se regenerar e a criação de um equilíbrio entre o homem e o ecossistema são uma prioridade.

A isso se soma a sustentabilidade socioeconômica. A HUESKER está comprometida com os princípios da sustentabilidade, e nossos serviços e inovações devem atender às necessidades de nossos clientes e da sociedade. Nós trabalhamos para usar energia e recursos com moderação durante todos os nossos processos – desde o desenvolvimento até a conclusão e a aplicação de nossos produtos.

Estudos confirmam redução significativa de emissão de CO2 com o uso de geossintéticos

Geossintéticos são tecidos sintéticos de alta qualidade e durabilidade, com sustentabilidade comprovada.

O estudo “Sustainable Geosystems in Civil Engineering Applications” (WRAP), de 2010, demonstra de forma impressionante o grande potencial de economia de recursos no uso de geossintéticos, com base em estudos de caso individuais. Em comparação aos métodos de construção convencionais, pode haver uma redução de até 89% nas emissões de CO2.

Assim, os geotêxteis podem aumentar a eficiência da utilização de recursos e reduzir as emissões de CO2 na indústria da construção de forma permanente.

 

Menos 200 caminhões carregados graças ao GCL Tektoseal Clay

Estudo da EAGM mostra redução de até 85% no impacto ambiental

Comparação de métodos de construção (estudo da EAGM 2011)
Sistema de filtro sob o pavimento:
Geossintéticos vs. Filtro granular mineral
Redução geral do
impacto ambiental
Redução do
consumo de energia
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral
do impacto ambiental
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral
do impacto ambiental
Redução do
consumo de energia
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral
do impacto ambiental
Redução do consumo de energia
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral do
impacto ambiental
Redução do
consumo de energia
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral
do impacto ambiental
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral
do impacto ambiental
Redução do
consumo de energia
Menor emissão
de gases do efeito estufa
Redução geral
do impacto ambiental
Redução do consumo de energia
Menor emissão
de gases do efeito estufa

Fonte: EAGM Studie: Stucki M, B.S. (2011). Comparative Life Cycle Assessment of Geosynthetics versus. Conventional Construction Materials.

Economia de 24.000 kg de CO2 por quilômetro de rodovia!

Economia com reforço asfáltico

Mais rápido que os métodos convencionais
Menos canteiros de obras e engarrafamentos
economia > 24.300 kg CO2 por km reparado
35% - 40% de redução de custos
Também disponível em PET 100% reciclado
Economia adicional >600 kg CO2/km ao usar o HaTelit eco